Portal Nosso Meio

SG 360 Internas

WhatsApp deve ganhar novidade para liberar espaço no celular

Redação

Usuários do Whatsapp devem ganhar um novo recurso no aplicativo que torna muito mais fácil o ato de limpar o espaço tomado pelo aplicativo no celular. Com a novidade, o usuário terá mais opções para limpar fotos, vídeos e outros arquivos recebidos de contatos —as mídias, muitas vezes, acabam lotando a memória do smartphone.

 

Já vista em alguns testes, a novidade voltou a aparecer com novos recursos na versão beta mais recente do WhatsApp, segundo o site WaBetaInfo. A atualização promete redesenhar totalmente a área de uso de armazenamento do aplicativo. A novidade estaria em fase de testes, mas ainda sem data para ser implementada.

 

Inicialmente, os testes apontavam que a ferramenta contaria com filtros para você distinguir os arquivos baixados no WhatsApp como por tamanho, por itens encaminhados e por aí vai. No entanto, como mostra a imagem abaixo, o novo recurso vai além.

 

 

A primeira coisa que dá para notar é a barra que mostra o uso de armazenamento do app —e o quanto as mídias recebidas e enviadas tomam desse armazenamento. É um elemento visual bem parecido ao que iPhones e celulares Android já contam nas configurações. Além disso, o próprio aplicativo passará a dar sugestões de limpeza para eliminar arquivos desnecessários e, assim, ganhar mais espaço no celular. É uma solução semelhante ao que o iOS, por exemplo, faz. Um dos itens indicados é “arquivos encaminhados”.

 

Outro mostra diretamente os maiores arquivos baixados no WhatsApp e que o usuário pode optar por limpar. Mais abaixo, o usuário já poderá ver os chats em ordem dos que ocupam maisespaço no aplicativo, como já ocorre atualmente. Tudo isso deve mudar radicalmente a interface para usuários eliminarem arquivos do celular —e, ainda, tornar o processo menos complicado. O WABetaInfo afirma que o WhatsApp ainda está testando melhorias nas funcionalidades e que, provavelmente, outras ferramentas serão introduzidas antes do lançamento para testadores beta.

 

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp