Portal Nosso Meio

Vacincou Acelerou – Interna

SescTV apresenta uma nova identidade visual no canal

Redação

Referências de TVs de tubo, vídeos com ruídos e imagens corrompidas formam a base da nova identidade visual do canal.

 

Há mais de 15 anos no ar, o SescTV tem como missão ampliar a ação social e cultural do Sesc São Paulo com sua programação diária: através de documentários, espetáculos, filmes e discussões sobre sociedade e cultura, a TV reconhece a arte e o meio audiovisual como importantes recursos da transformação social, uma das missões da instituição.

E, a partir de agosto, toda a programação do canal vai chegar aos espectadores embalada em uma nova identidade visual.

Desenvolvida pelo Estúdio Bijari em parceria com as equipes do canal, a identidade se baseia fortemente no conceito de glitch art — que pode ser facilmente entendida quando pensamos nas interferências provocadas nas antigas telas de TV de tubo e nas imagens corrompidas da internet.

Após as pesquisas dessa forma de arte, foram selecionados os caminhos que representariam as diferentes eras e mídias que fazem uma cronologia do audiovisual: partindo do filme em celulóide, passando pelos tubos de raios catódicos e chegando nos glitchs da era digital em telas de LCD e Plasma.

A equipe do estúdio explicou melhor o caminho desenvolvido no trabalho da nova identidade:

Na nova identidade, as imagens se transformam em paisagens abstratas, que são apropriadas por layouts que apresentam as informações sobre a programação de forma mais hierarquizada: ganham destaque os nomes das séries e os temas dos episódios, bem como informações sobre conteúdos disponíveis sob demanda no site.

De acordo com Regina Gambini, diretora de programação do SescTV, a nova identidade visual chega para dar consistência a toda a diversidade da programação do canal:

Sound & Vision

Já a trilha sonora é assinada pelo músico e produtor André Caccia Bava, que trabalhou paralelamente ao Estúdio Bijari na criação da nova identidade.

Assim como a criação visual, a composição e a produção musical original foram desafiadoras, já que pretendiam criar uma identidade forte e que funcionasse numa célula mínima mas também em peças maiores.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp