Portal Nosso Meio

Banner superior Prefeitura de Sobral

Santander lança campanha polêmica com Luana Piovani, Maíra Cardi, Patrícia Abravanel e Leandro Firmino

Artigo de Opinião - autor

O Santander Brasil lança ‘Divida o seu Pix’, opção de crédito para transações pelo Pix disponível exclusivamente pelo app do Banco. Como mote “Divida o seu Pix”, a campanha de divulgação desenvolvida pela Suno United, agência de publicidade do banco, conta com personalidades ligadas a participantes do principal reality em exibição na TV, como Luana Piovani, Maíra Cardi, Patrícia Abravanel e Leandro Firmino.

Todos contarão situações em que precisaram dividir despesas, pagamentos ou até confidências com os confinados. Os filmes irão ao ar nos intervalos do programa, e em outras mídias, durante as próximas três semanas.

 

O Santander não é um dos patrocinadores do BBB 22, apesar disso, tem conseguido encontrar formas criativas de chamar a atenção do público do reality.

Confira:Santander lança campanha com vencedores do BBB que enfrentaram problemas financeiros

 

 

A campanha ganhou as redes sociais e a repercussão rendeu críticas e elogios:

 

 

 

Sobre a novidade

O valor mínimo de contratação é de R$ 100 e o valor máximo, limitado às condições pré-aprovadas para o cliente. A operação é paga na hora para o recebedor e o valor, dividido em até 24 vezes, com 59 dias para que as parcelas comecem a ser debitadas diretamente na conta corrente. As taxas variam a partir de 2,09% ao mês. O serviço é destinado para clientes pessoas físicas do Santander e a transferência pode ser direcionada para contas pessoas físicas e pessoas jurídicas.

 

“Pensamos em um serviço que oferecesse condições especiais e, ao mesmo tempo, suprisse a demanda por crédito dos nossos clientes. O objetivo é apoiar os consumidores no momento das transações, parcelando operações via Pix.”, diz Luciana de Aguiar Barros, diretora de Produtos de Crédito para Pessoas Físicas do Santander. “Em 2021, vimos as operações via Pix aumentarem até 5,3 vezes entre janeiro e dezembro. Considerando clientes PF e PJ, foram mais de R$ 100 bilhões transacionados”.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp