Portal Nosso Meio

Anuncie Aqui – Internas

Pague Menos estreia na Bolsa de Valores com forte alta

Redação

A rede de farmácias Pague Menos (PGMN3 ) é a mais nova integrante da bolsa de valores e no seu primeiro dia, 02,  as ações fecharam o pregão a R$ 10,30, uma alta de 21,1% considerando o valor de R$ 8,50 que foi o preço de colocação dos papéis na oferta pública inicial da companhia (IPO, na sigla em inglês), que veio abaixo da faixa indicativa entre R$ 10,22 e R$ 12,54.  Durante a sessão, as ações chegaram a uma máxima de 28,82%, a R$ 10,95. Com a venda de 101.054.482 ações antes da abertura oficial, a captação foi de cerca de R$ 859 milhões.

A cerimônia foi transmitida ao vivo, com presença do CEO da empresa, Mário Queirós,  do fundador, Deusmar Queirós e do presidente da B3, Gilson Finkelsztain. “Nesse cenário de inflação baixa, juros na mínima histórica, as empresas têm olhado as oportunidades no mercado para se capitalizar. Para fazer frente a essa demanda crescente, cada vez mais empresas se encorajam a retomar seus planos de retomada de recursos após os desafios que a gente viveu na pandemia”, afirma Finkelsztain.

“Para chegar até aqui foi necessário muito trabalho, quebra de paradigmas, mudança de mindset, investimentos em inovação e tecnologia. Mas o maior diferencial da Pague Menos são as pessoas. Construímos um time de profissionais experientes no mercado e, ao mesmo tempo, apaixonados pelo que fazem”, pontuou Mário Queirós.

Terceira maior rede de farmácias do Brasil, a Pague Menos e única com presença em todos os Estados do País e no Distrito Federal. No ano de 2019, a varejista farmacêutica registrou um lucro líquido ajustado de R$ 23,8 milhões no período, menor frente aos R$ 47,9 milhões de 2018 e aos R$ 107,4 milhões de 2017. Enquanto isso, a receita bruta teve alta de R$ 6,3 bilhões em 2017 e de R$ 6,59 bilhões em 2018 para R$ 6,79 bilhões em 2019.

A empresa foi criada no Ceará em 1981 e está presente em todos os Estados brasileiros e no Distrito Federal, conta com  1.112 lojas, 798 unidades do Clinic Farma e mais de 20 mil colaboradores que atuam em 327 municípios.

Segundo a rede, Os recursos captados pela oferta pública de ações serão destinados para a abertura de novas lojas e a modernização das unidades, reforço de capital de giro, amortização de parte da dívida da companhia, além de investimentos em tecnologia e na Clinic Farma.  

A Advance Comunicação atende a Pague Menos há quase 20 anos e compartilha a satisfação da conquista.  “Já são quase 20 anos juntos com a Pague Menos. Vivemos o cliente e ficamos muito felizes com o resultado”, conta o Diretor de Mídia da Advance Comunicação, Guilherme Colares.

“Já no primeiro dia, as ações valorizaram mais de 20%. Para nós da Advance que estamos com a Pague Menos desde 2001, e que vivenciamos toda a escalada em busca deste momento único, é uma alegria muito grande ver a Pague Menos no rol das empresas listadas na B3”, comenta o Sócio-Diretor, Evandro Colares.

 

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp