Portal Nosso Meio

Banner superior Prefeitura de Sobral

MÊS LGBTQIA+: Exemplos de marcas nacionais que levantam essa bandeira

Redação

Na imprensa brasileira, as pautas sobre o Orgulho LGBTQIA+ tem se mantido presente nas redações em todo o país, mas, com uma pequena queda em 2020 devido a pandemia e uma recuperação em 2021.

 


O mês de junho é dedicado ao Orgulho LGBTQIA+, e assim, muitas marcas realizam suas ações apoiando e abraçando o movimento. O termo “LGBTfobia” vem ganhando força nos assuntos recorrentes dentro da mídia, assim como outras pautas relacionadas, tornando-se visível a inclusão pelo país.

A cada ano, mais empresas têm se interessado em participar e apoiar de alguma forma, só no primeiro semestre desse ano, pautas relacionadas ao tema chegaram ao número de 9.445 na imprensa brasileira. Já o termo LGBTfobia alcançou a marca de 6.925 vezes mencionadas em matéria jornalísticas pelo país. Dentre as palavras relacionadas ao movimento, o termo “homofobia” é o mais popular, só nesse ano foram mais de 36 mil matérias publicadas sobre o tema.

O mundo do marketing publicitário, como também das grandes marcas, está sendo alvo do assunto principalmente devido o momento de pandemia que vivemos desde o ano passado. E o mês do orgulho veio sendo representado dentro desse cenário e homenageado cada vez mais, sempre com o mesmo propósito: o respeito e a diversidade.

Pensando nisso, separamos algumas das empresas que divulgam esse movimento e trazem mensagens de políticas afirmativas em prol do coletivo LGBTQIA+, confira:

 

1. Netflix

A gigante do streaming Netflix não só melhorou nossas vidas com tanto conteúdo legal de diversidade e amor, como vive fazendo campanhas internas sobre a importância da representatividade, contratando cada vez mais pessoas trans, lésbicas, bissexuais e gays. Não é à toa que a empresa foi super bem avaliada no relatório GLAAD, que é um monitoramento da ONU para a representação LGBT e de direitos humanos na mídia.

 

Uma das provas desse apoio foi um vídeo que eles postaram em seu Facebook, que traz cenas de pessoas contando como se sentiram representadas pelos personagens de várias séries, como em ‘Sense8’, que inclusive teve cenas gravadas na Parada LGBT de São Paulo.

 

 

2. Skol

Como uma das principais patrocinadoras da Parada do orgulho LGBT de São Paulo, a Skol a cada ano traz ações diferentes para relembrar que a marca apoia a diversidade. Você deve lembrar das latas com a flecha da embalagem preenchida com as cores do arco-íris, em 2017, né? E parte da verba das vendas foi destinada pra um abrigo de jovens expulsos de casa por assumirem sua sexualidade. Outra grande campanha foi o anúncio “Respeito is On” que traz a diversidade de várias formas sem nem ao menos mostrar a própria cerveja na propaganda. Respeito é tudo!

 

 

3. O Boticário

“Tem gente que se pergunta, como é que eu vou explicar isso aos meus filhos?” – esta é uma das frases da última campanha de Dia dos Namorados da marca O Boticário. Criada pela agência de publicidade AlmapBBDO, a ação traz histórias de amor protagonizadas por casais reais e reforça que o amor não tem gênero. 

Entre os casais presentes na campanha, embalados por uma versão de ‘Toda Forma de Amor’, de Lulu Santos, estão Victor e Douglas, que protagonizaram um pedido de casamento durante as gravações, e Leonor e Álvaro, que estão juntos há 57 anos. A peça também se desdobrou em conteúdo para redes sociais, como, por exemplo, o pai do Douglas falando o relacionamento do filho:

 

4. Avon

A marca de make mais famosas do Brasil tem investido no apoio LGBT em várias campanhas. Destaque máximo para o comercial da linha “Color Trend”, que celebrou as cores do arco-íris com ícones LGBT, com as maravilhosas Pabllo Vittar, Gloria Groove, Aretuza Lovi e IZA. A campanha “E aí, tá pronta?” mostrou um discurso super legal e inclusivo incentivando o respeito à diversidade com a frase “Quando a gente se une, o mundo se transforma”. DEMAIS, né?

 

 

5. Coca-Cola

Pensando no respeito à diversidade, a Coca-Cola começou seu trabalho internamente, com uma campanha de conscientização com os próprios colaboradores da marca, e logo depois lançou a icônica campanha “Essa Coca é Fanta, e daí?”. Partindo dessa expressão preconceituosa e popular, a marca lançou embalagens de Coca-Cola com Fanta dentro, dando um verdadeiro tapa na cara dos preconceituosos. Afinal, qual o problema em ser gay?

 

 

6. Uber

Aqui preconceito nenhum pega carona! A Uber também é uma das patrocinadoras da Parada do Orgulho LGBT de SP e faz várias ações: tem parceria em iniciativas com as ONGs Amo Trans, que acolhem pessoas trans em situação de vulnerabilidade; parceria com locadoras de veículos para dar suporte às pessoas trans que queiram dirigir na plataforma; fez campanhas contra o assédio e a discriminação nas redes sociais; deu material educativo para os 500 mil motoristas; aceita nome social das motoristas – sem a necessidade de ter completado o processo para a mudança de registro – e muito mais. Incrível, né? Para eles “o mundo é mais brilhante, mais colorido, mais justo, mais produtivo, mais criativo e mais feliz quando cada um de nós pode ser quem realmente é”.

 

 

7. Natura 

A marca está lançando o movimento ‘soumaisdoquevcvê’ que prevê mais ações entre as marcas do conglomerado de estética. A primeira foi feita pela Natura e mostra a realidade e o sentimento da comunidade LGBTQIA+ sobre a intolerância e os julgamentos que ainda estão presentes na sociedade. O filme mostra muito além da representatividade dessas pessoas, e explica a importância e pluralidade de todos que fazem parte da comunidade. A marcante narração é de Liniker, que também está presente no filme publicitário.

 

 

8. Apple

Para os maníacos em iPhones, iPads e tecnologia em geral, a Apple é assumidamente a favor de todo tipo de amor! Além de Tim Cook, o principal executivo da empresa ser gay, a empresa sempre marca presença nas paradas LGBTs de São Francisco, cidade que fica próxima a sua sede. Além disso, está sempre lançando campanhas pela diversidade e pelo respeito ao próximo, projetos internos para os funcionários LGBT e se posicionando politicamente pelos direitos das pessoas gays, lésbicas e transexuais.

 

9. Burger King

Com o objetivo de apoiar a causa LGBTQIA+ por mais um ano, o Burger King anunciou o lançamento da campanha “Como explicar?”, assinada pela agência David. Com um filme realizado em cocriação com especialistas em psicologia e diversidade, propõe um convite à reflexão sobre a inclusão da comunidade LGBTQIA+ na sociedade. Retratando de forma genuína e espontânea a verdadeira perspectiva sobre a pluralidade e o amor, pelo olhar das crianças.

“O lançamento da campanha tem como objetivo endereçar um ponto de reflexão à população em geral. O preconceito é uma construção social e, com toda a responsabilidade que nos cabe enquanto companhia, conseguimos mostrar que os pequenos carregam o discernimento a partir de um olhar muito sensível e humano”, diz Juliana Cury, diretora da marca Burger King do Brasil.

 

Confira também:

 

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp