Portal Nosso Meio

Banner superior Prefeitura de Sobral

Investimento em publicidade digital atingiu mais de R$ 30 bilhões em 2021, aponta estudo do IAB Brasil

Redação

Segundo o Digital AdSpend 2021, crescimento é de 27% em relação a 2022; 15 dos 26 setores pesquisados correspondem a 94% da soma direcionada à publicidade digital e três deles – serviços (26%), comércio (24%) e financeiro (9%) – concentram mais da metade do montante investido no ano passado

 

O IAB Brasil, associação que representa o mercado de publicidade digital no País, lançou o Digital AdSpend 2021. Segundo o estudo, realizado em parceria com a Kantar IBOPE Media, foram investidos R$ 30,2 bilhões em publicidade digital no último ano, um aumento de 27% em relação ao ano anterior (R$ 23,7 bilhões em 2020). O relatório completo foi apresentado em primeira mão aos participantes do AdTech & Branding 2022, evento que reuniu nesta semana profissionais do mercado de publicidade digital brasileiro e trouxe as principais tendências e questões da atualidade para o setor.

O estudo também revela que mais da metade do total do investimento publicitário no digital em 2021 se destinou às plataformas de mídias sociais (54%) – o que se reflete também na participação de dispositivos móveis, que representaram 76% do share de devices. Em relação aos formatos, 37% dos investimentos foram direcionados a vídeos, 33% a imagens (soma dos formatos display como banners, headers, gifs e etc) e 30% a search (sites de busca).

“Os dados do Digital AdSpend são uma importante referência para orientar o planejamento, as mudanças e as inovações dentro das empresas. Com a visão setorial que passamos a trazer desde 2020, o relatório evoluiu, ficou ainda mais robusto e estratégico. Além disso, a partir dos dados de 2021, começamos a construir uma base histórica para acompanhamento da evolução e movimentação deste investimento entre formatos, dispositivos e setores ano a ano”, diz Cris Camargo, CEO do IAB Brasil. 

Rankings de setores

O Digital AdSpend 2021 aponta que 15 dos 26 setores pesquisados correspondem a 94% do total de investimento em publicidade digital no ano passado. E dois destes setores – serviços (26%), comércio (24%) – concentraram metade do investimento total do período analisado. Negócios como financeiro (9%), telecomunicações (7%), eletrônicos (6%) e mídia (5%) também se destacam em participação do aporte. 

Somados, os demais setores – cultura, lazer, esporte e turismo; imobiliário, higiene pessoal e beleza; alimentos; vestuário e acessórios; bebidas; automotivo; farmacêutico; administração pública e social; minas e energia; casa e decoração; construção e acabamento; higiene doméstica; industrial; pet; agropecuária; brinquedos; escritório e papelaria; jogos e apostas e multissetorial – representam 23% do total de investimento em publicidade digital em 2021.

Crescimento do número de anunciantes digitais

O estudo Digital AdSpend também revela que entre 2020 e 2021 o número de anunciantes que passou a investir em canais digitais cresceu 30%. Isto significa mais oportunidades de prospecção para agências, publishers e plataformas. Além disso, o surgimento de anunciantes traz ainda mais dinamismo com novos entrantes de diversos setores. O setor de casa e decoração, por exemplo, teve 83% mais anunciantes em 2021 do que no ano anterior. Este crescimento no número de anunciantes digitais também ocorreu nos setores de bens e serviços industriais (79%), minas e energia (69%), construção (59%), telecomunicações (53%), comércio (47%), escritório e papelaria (46%), higiene e beleza (42%) e higiene doméstica (41%).

Alta participação do Digital

Em 2021, o Digital recebeu mais de 50% das verbas totais de mídia de sete setores econômicos: vestuário e acessórios (74%); eletrônicos e informática (74%); cultura, lazer, esporte e turismo (63%); imobiliário (63%); serviços (56%); comércio (55%); e mídia (53%).

Top setores em investimento por formato

O estudo Digital AdSpend 2021 mostra que os setores que mais investiram em search (busca), em valores absolutos, foram comércio (R$ 4,2 bi), serviços (R$ 1,7 bi), eletrônicos e informática (R$ 590 mi), financeiro (R$ 386 mi) e turismo (R$ 339 mi). Estes cinco setores representam 66% do investimento em search.

Já em imagem, os setores que mais fizeram aporte nesse formato, em valores absolutos, foram serviços (R$ 2,9 bi), comércio (R$ 1,7 bi), financeiro (R$ 1,3 bi), telecomunicações (R$ 933 mi) e mídia (R$ 808 mi). Juntos, estes cinco setores representam 83% do investimento nos formatos de imagem.

Em vídeo, os top 5 em investimentos, em valores absolutos, nesse formato, foram os setores de serviços (R$ 3,1 bi), comércio (R$ 1,2 bi), financeiro (R$ 866 mi), telecomunicações (R$ 790 mi) e eletrônicos e informática (R$ 555 mi) – juntos, estes setores representam 68% do investimento no formato.

Metodologia

O Digital AdSpend traz uma visão estratégica dos investimentos em mídia digital no País, considerando visões setoriais e expectativas para os próximos períodos. O estudo considera projeções e calibrações de CPM médio para estimar o investimento publicitário nas plataformas não apresentadas na cobertura. São mais de 1.600 sites e portais cobertos nos formatos banner, vídeo, desktop e mobile. Em search, o relatório considera o maior e referência dos buscadores, o Google. Quanto às redes sociais, os dados reportados consideram Facebook Mobile App, YouTube Desktop, YouTube Mobile Browser e YouTube Mobile App.

A captura é realizada de forma híbrida, contando com um painel humano e por meio de robôs capazes de coletar campanhas diretas e programáticas que entram em todos os sites e portais da cobertura Kantar IBOPE Media, coletando os anúncios disponíveis. A publicidade de todos os meios é classificada e harmonizada de acordo com a taxonomia e estrutura de marcas da companhia referência no mercado, que permite uma visão holística e estratégica do mercado para análise multimeios. A versão completa do estudo Digital AdSpend 2021 pode ser acessada pelo link:  https://iabbrasil.com.br/pesquisa-digital-adspend-2021/.

 

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp