Portal Nosso Meio

Banner superior Prefeitura de Sobral

Inovação. O que fazer quando temos uma folha em branco?

Redação

Preparado para a nossa metáfora? Sim, então vamos.

Estamos aqui diante de uma folha em branco com mil possibilidades para começar a escrever, são inúmeras combinações de palavras e expressões que podem ser utilizadas. Qual o primeiro passo? Melhor dizendo: qual o primeiro pensamento a ser escrito? Qual a melhor palavra?

Tá…, você deve estar pensando: o que isso tem a ver com inovação e futurismo, assuntos específicos da nossa coluna, não é? Tem tudo a ver.

Já parou para pensar que os futuros são folhas em branco a serem preenchidas com as decisões que tomamos hoje? Na sua empresa, é exatamente assim: suas decisões de hoje ajudam trilhar o caminho de amanhã. É o que diz o ditado: quem colhe, planta. E se plantou semente de maçã, vai colher maçã.

Então, vamos lá para algumas dicas sobre como preencher essa folha em branco para o seu negócio:

Primeiro, a folha está em branco, mas você que escreve na folha tem uma bagagem, experiência, que lhe trouxeram até aqui. Tá certo que isso não garante decisões melhores nem sucesso. Até porque nesse mundo nada é garantido, mas se lhe trouxe até aqui, você deve ter desenvolvido habilidades importantes, busque conhece-las e aprimorá-las ainda mais.

Segundo, não escreva sozinho. O processo colaborativo é muito mais rico e traz muitas vantagens do que trabalhar individualmente. Aquela máxima “juntos somos mais fortes” faz toda a diferença para a inovação nos negócios. Portanto, use e abuse da co-criação. Você pode também criar bancos de ideias para os colaboradores participarem ativamente com sugestões ou criar mesmo momentos de ideação.

Terceiro, teste e esteja aberto inclusive para mudar o seu modelo de negócios. Startups são um ótimo exemplo disso. Durante a sua jornada algumas passam por esse processo de mudar o seu modelo de negócio por outro que se demonstrou mais positivo. O conselho? Desapegue!

Quarto, busque métodos que lhe ajudem a inovar, a implementar a cultura da inovação na sua empresa. A folha está em branco, mas você sabe exatamente como se faz para escrever, mesmo que não saiba qual conteúdo vai colocar lá. Assim é o processo de inovação. Todos hoje temos uma ansiedade para inovarmos, porque sabemos que se não fizermos isso, nossos negócios irão sucumbir. Isso é ao mesmo tempo empolgante e assustador. Mas fica bem mais fácil quando se desenvolve um método para inovação. E o melhor de tudo isso?

É que a nossa experiência em consultoria de marketing e branding, nos permitiu perceber que não precisa ser um método muito arrojado e repleto de tecnologia. A simplicidade e a clareza irão lhe ajudar nesse sentido. Algo robusto demais atrapalha mais que ajuda, pode ter certeza.

Quinto – e último, nem tudo que reluz é ouro e nem tudo que deu certo com o outro vai dar certo com você. Portanto, olhe para o seu negócio, o cenário em que está inserido, onde quer chegar, as tendências de mercado e jamais esqueça os seus valores e propósito. Fique de olho na concorrência, mas não copie.

Ah, só mais um: não ganha quem faz mais, mas sim quem faz o que dá resultado. Busque o essencial.

Pronto, para esse artigo, ficamos por aqui. A folha não está mais em branco, fizemos nossas escolhas sobre o conteúdo dela. Agora, é hora de você fazer as suas.

 

 

Neste espaço, quinzenalmente e sempre às segundas-feiras, Céu Studart e Thiago Baldu da Desencaixa Inova trarão reflexões, inquietações e orientações sobre futurismo e adaptabilidade.

Confira mais conteúdos da coluna Radar:

Afinal, o que é Inovação Aberta?

Como minha empresa pode ser mais inovadora?

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp