Portal Nosso Meio

Banner superior Prefeitura de Sobral

II Seminário Cearense sobre Economia Circular

Assegurar práticas de consumo sustentáveis e a redução de desperdícios é uma das metas globais presente na Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). Seguindo essa diretriz de pensar novas formas para alinhar o desenvolvimento econômico com o uso eficiente de recursos naturais e resíduos sólidos, acontecerá o II Seminário Cearense de Economia Circular nos dias 25 e 26 deste mês de julho. Gratuito e online, o evento faz parte do Circuito Fenacce, ciclo de palestras que antecede a Feira Nacional de Artesanato e Cultura, realizado em parceria com o Sebrae.

Durante os painéis, serão abordados temas que envolvem logística reversa, robótica sustentável, economia linear, turismo, moda e sustentabilidade, assim como cases de sucesso de arte reciclada e biojóias. De acordo com o relatório 2021 da PACE (Plataforma para Acelerar a Economia Circular), repensar a forma de desenhar, produzir e comercializar produtos a partir do conceito de economia circular pode diminuir em quase 40% a emissão de gases do efeito estufa, principal causadora das mudanças climáticas e reduzir o impacto do aquecimento global.

Para desenvolver esses novos modelos de negócios, voltados cada vez mais para inovação e sustentabilidade, a organizadora da Fenacce e presidente do Sindieventos, Stella Pavan destaca a importância de qualificar os profissionais ligados à economia criativa como artesãos e pequenos empreendedores para que esses tenham capacidade de acompanhar os mercados. “Para criar e fortalecer redes de empreendimentos sustentáveis, precisamos primeiro gerar conhecimento e levar informação para esses profissionais e artesãos por meio de capacitações e formações, mostrando não só as possibilidades que eles podem desenvolver com seus talentos, mas também cases de sucesso em que eles se identifiquem”, afirma.

Entre os convidados dos painéis, o secretário de Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira, ressalta que os destinos turísticos precisam estar preparados para o novo perfil do turista que está mais conectado com a questão ambiental.

“A ideia é que os atores envolvidos com o turismo tenham a consciência da importância de adotar medidas sustentáveis, como privilegiar o uso de embalagens recicláveis, aderir à coleta de lixo seletivo, priorizar o uso de energia limpa, reformar móveis utilizando mão de obra local, ao invés de comprar novos, entre outras. Além disso, estimular os turistas a se envolverem em atividades relacionadas à economia circular é também importante. Um hotel, por exemplo, pode promover oficinas ligadas à economia circular e criar essa conscientização nos hóspedes que ainda não a têm”, pontua.

Para participar do Seminário, que será transmitido no Youtube da Fenacce, é necessário fazer inscrição no site oficial da Feira: www.fenacce.com.br. Com o apoio do Sebrae, os 100 primeiros inscritos irão ganhar uma Consultoria de Análise do Instagram, que será realizada por especialistas da instituição.