Portal Nosso Meio

Lista de transmissão

Entrevista com Kelsen Pontes, Diretor na E-deas Digital

Redação

Empreendedor desde os 16 anos, especialista em marketing e fundador da E-deas Digital, agência com mais de 20 anos no mercado, atuando com desenvolvimento de sites, branding e mídias sociais. Tem entre seus clientes empresas como M Dias Branco, Santana Têxtiles, Tintas Fortex, Fujisan, dentre outros. Foi Diretor de Comunicação da CDL Jovem de Fortaleza e integra o conselho da Acadi – Associação Cearense de Agentes Digitais.

 

1. Como você se interessou por marketing digital e o que lhe motivou iniciar uma empresa nesta área?
Sempre gostei de design e de computadores. Na adolescência já brincava com meu PC 486DX2, seus 4mb de memória e aquele monitorzão de tubo. Lembro que andava orgulhoso na rua com a carteira numa mão e uma caixa de disquetes 3 ½ na outra. Isso ainda sem saber que em breve chegaria um negócio novo chamado internet. Aos 16 anos iniciei minha “carreira” criando logotipos para pequenas empresas e dando aulas de informática. Mas foi em 2020, quando comprei um CD numa banca de revistas que ensinava a construir sites, que entrei pra valer no “mercado digital” e fundei a E-deas, inicialmente pensada como uma empresa de criação de sites e logotipos.

 

2. Quais desafios você poderia destacar presentes no início desse projeto?
Os desafios foram vários, mas sempre fui de “criar soluções”. O primeiro desafio foi alugar uma sala para a empresa, pois estava complicado atender os clientes no quarto. Como não tinha certeza se teria o dinheiro pra honrar o aluguel, financiei quatro computadores e instalei uma lan house dentro – tenho certeza que foi uma das primeiras da cidade. Foi minha salvação nos primeiros anos, porque a venda de sites era muito difícil, já que ninguém sabia que bicho era aquele. E pra esse desafio a solução foi fazer os primeiros sites de graça. E ao chegar no cliente seguinte eu dizia que a empresa anterior tinha comprado, a antes dela também… e deu certo!

 

3. A sociedade hoje está imersa no ambiente digital e nas novas mídias. Como a E-deas Digital tem trabalhado as estratégias para se diferenciar no mercado?
Costumo dizer que a E-deas nasceu com o digital, quando a internet ainda era novidade. E isso nos ajudou muito, pois ter acompanhado toda essa evolução nos deu a experiência necessária para enfrentar o que, na minha opinião, é o principal desafio atual do marketing: a velocidade das mudanças. Não apenas a tecnologia, mas a sociedade de forma geral. Para acompanhar esse turbilhão constante de transformações e continuar crescendo, mesclamos experiência, bons parceiros e capacitação da equipe. E continuo acreditando que credibilidade e inovação são pilares fundamentais de qualquer negócio.

 

4. Qual a maior dificuldade que as empresas encontram na execução de uma estratégia de marketing digital?
A velocidade com que as coisas mudam hoje é muito grande. Aquela super ideia pra postar no instagram hoje, pode não fazer nenhum sentido na próxima semana. Na verdade, pode ser que o instagram não exista mais na próxima semana. Assim está cada vez mais difícil trabalhar com planejamento. Outra dificuldade é a saturação de informação. O consumidor tem contato com conteúdo muito volumoso e isso está deixando as pessoas saturadas de informações que nem sempre são relevantes para elas. Como resultado, elas criam restrições mais fortes ao selecionar o que merece sua atenção. E essa interação com o público cada vez mais intensa se torna um tanto exaustiva para as agências.

 

5. O que devem ter em consideração as empresas no momento de criar o seu website?
O ponto inicial – e mais importante – é escolher uma boa agência para colocar em prática a sua ideia. Levar em conta o portfólio, resultados anteriores e experiência no segmento. Diferente de um folder, por exemplo, que você cria, imprime e distribui, o site tem uma vida útil muito grande, e por isso requer melhorias e atualizações constantes. Quem entra num site hoje espera encontrar algo diferente do que viu há um mês atrás. Após escolher uma boa agência, leve em considerações alguns aspectos técnicos: design responsivo (adapta-se a tablets e smartphones), ser leve e carregar rápido, ter um visual harmônico e principalmente, uma boa organização de conteúdo, que apresente o melhor da sua empresa ou negócio, de forma que os visitante entendam facilmente do que se trata e encontrem rapidamente o que procuram.

 

6. O crescimento em busca por produtos e serviços on-line, reforçada pela pandemia, revela uma tendência que está revolucionando a economia brasileira. E a cada dia mais empreendedores decidem usar as ferramentas do marketing digital. Como a E-deas tem avaliado essa procura por serviços digitais?
Aqui temos dois pontos a considerar. Realmente a procura tem crescido bastante impulsionada pela pandemia, pois muitas empresas sentiram no bolso a falta de um bom site, de uma loja virtual e de ter suas redes sociais bem gerenciadas com um público fiel e engajado. E a tendência é que esse crescimento só faça aumentar. Mas ao mesmo tempo o coronavírus nos trouxe preocupações financeiras e empresas com mais receio em investir sem saber o que o amanhã lhes reserva. Vejo muitos empresários que querem entrar nesse mundo digital, mas que estão com a corda no pescoço e a conta no vermelho. Esse período exige ação sim. É preciso sair da inércia, mas cautela e boa estratégia são fundamentais. Sair “atirando pra todo lado” é um grande erro a ser evitado.

 

7. Quais dicas você compartilha para quem pretende destacar sua empresa ou negócio no online?
Primeiro você deve conhecer bem o seu público. O que eles querem? O que estão consumindo? Onde estão? Depois disso, traçar uma boa estratégia baseada em metas e objetivos é o caminho mais seguro. Nem sempre o online vai ser a melhor opção para todo negócio ou público. Mas falando do digital, alguns esforços são fundamentais:

1. Ter um bom website. Esse é o seu portfólio digital, seu cartão de visitas online aberto 24 horas por dia para o mundo.

2. Usar bem as redes sociais. Elas são a comunicação mais próxima que pode ter com seus clientes de forma online. Falar, apresentar produtos e soluções, mostrar seu dia-a-dia, contar histórias e, principalmente, ouvir. É uma ótima oportunidade de conhecê-los melhor.

3. Definir algumas métricas e analisar os resultados. Uma das principais vantagens do marketing digital é a facilidade de mensurar os resultados de cada ação.

4. E jamais esquecer os clientes no “online”. Prestar um bom atendimento, responder os e-mails que chegam do site e as mensagens das redes sociais é fundamental.

5. Investir em anúncios patrocinados nas redes sociais, no Google e em outras plataformas como Youtube e Linkedin, pois o alcance orgânico está cada vez menor. A segmentação dos anúncios pagos ajuda bastante a atingir o público ideal.

6. Por último, tentar criar seu próprio conteúdo, ser criativo e inovar. Apenas replicar o que outros já estão fazendo não vai trazer resultados diferente.

 

8. Quais as principais tendências, na sua opinião, em marketing digital para 2021?
A pandemia nos trouxe muitos ensinamentos e acho que as principais tendências de 2021 sofrerão a influência desse momento, pois dentro de casa as pessoas buscam novas formas de seguir suas vidas. Seguem algumas na minha opinião:

1. Lives e transmissões ao vivo. Não apenas de música, mas de negócios, eventos, esportes, etc. Nas plataformas tradicionais como Youtube, Instagram, Facebook e em novas como o Clubhouse, por exemplo, que permite interações em tempo real.

2. Crescimento dos “micro influenciadores”. São aquelas pessoas que têm menos de 20 mil seguidores em seus canais ou redes sociais. Eles normalmente têm taxas de engajamento maiores do que as dos megainfluenciadores (com milhões de seguidores) e podem gerar bons negócios com um custo reduzido.

3. Humanização nas redes sociais. As marcas que têm perfis mais humanizados tendem a captar melhor as questões do cotidiano, assim se conectam mais facilmente com seu público, demonstrando seus valores e propósitos.

4. Foco em performance. Com tanto conteúdo sendo despejado nas mídias digitais o tempo todo, é cada vez mais importante a mensuração dos resultados que permita a constante otimização de estratégias.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp