Portal Nosso Meio

SG 360 Internas

Desenvolvedores cearenses lançam games educativos sobre a cidade de Fortaleza

Redação

A startup Vulpis Studio, em parceria com o edital da Lei Aldir Blanc foi a responsável pelo projeto 

A cidade de Fortaleza inspirou os desenvolvedores cearenses Ana Beatriz, Alisson Alencar e Sabrina Souza, fundadores da Vulpis Studio, para a criação de dois jogos educativos. Os games ‘Memórias de Fortaleza’ e ‘Eco Fortaleza’ já faziam parte dos planos e projetos da startup e foram realizados com recursos da Lei Aldir Blanc, que apoia profissionais do setor cultural afetados pelos impactos da pandemia do novo coronavírus.

A sócia e ilustradora da Vulpis Studio, Ana Beatriz, conta que o edital foi uma grande oportunidade para a equipe. “Nem sempre é possível contemplar projetos de jogos digitais. Estamos muito felizes por essa iniciativa e esperamos que os jogos possam cada vez mais serem utilizados como forma de levar informação e entretenimento para a população”,ressalta a gamer.

Os jogos já estão disponíveis na plataforma Play Store. A seguir saiba mais sobre os jogos que são uma excelente fonte de informações sobre a capital cearense, seus projetos e história.

Game ‘Memórias de Fortaleza’

Já pensou poder relembrar um pouco da história de Fortaleza de maneira divertida e interativa? Isso é  o que o game ‘Memórias de Fortaleza’ promete. A narrativa do desafio apresenta o personagem Seu Raimundo, um ex-fotógrafo idoso, que incentiva sua neta Isabel a  encontrar objetos pela casa que tragam memórias da antiga Fortaleza. Cada item faz referência a uma fotografia feita pelo avô e o objetivo final é organizar as imagens em um álbum. Lugares como o Cine São Luiz, a Praia de Iracema e a Catedral Metropolitana de Fortaleza estão entre as imagens apresentadas aos jogadores. O jogo, no estilo point‘n click, quando o usuário interage por meio de movimentos com os dedos, conta com  músicas e efeitos sonoros personalizados criados pelo parceiro da Vulpis, o músico Gabriel Oliveira. ‘Memórias de Fortaleza’ é uma excelente alternativa para apresentar um recorte da história da cidade às crianças e adultos.

Game ‘Eco Fortaleza’
Também com apoio do edital da Lei Aldir Blanc a Vulpis criou mais um jogo educativo, o ‘Eco Fortaleza’, que apresenta soluções para o descarte consciente do lixo, além de indicar os pontos de apoio à reciclagem, disponibilizados na cidade de Fortaleza.
No game de plataforma 2D, o jogador é desafiado a resolver alguns quebra-cabeças para fazer com que o personagem Dudu ajude sua tia Laura a descartar seus resíduos corretamente e ainda ser beneficiada por levar o lixo ao Ecoponto mais próximo de sua casa.
Confira o vídeo sobre o Game:
Sobre a Vulpis Studio
A Vulpis Studio é fruto da sociedade formada pela ilustradora Ana Beatriz, o programador Alisson Alencar e a Design de Jogos, Sabrina Souza. A startup nasceu em  2018, após os amigos concluírem o curso de Computação para Jogos Eletrônicos no Porto Iracema das Artes. Desde sua fundação, a startup cearense já lançou vários jogos na Play Store como o Magic Pom! e Tap Boru, além de projetos para empresas.Em parceria com a FioCruz desenvolveram o jogo Tiny Doctor, que ressalta a importância das vacinas e como elas funcionam no corpo humano.Em 2019 foram premiados com o game Magic Pom, como melhor design visual de jogos do Ceará, durante a Feira do Conhecimento, organizada pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Secitece.
Vulpis Studio: @vulpis.studio
Links dos jogos lançados agora: 
Link do jogo desenvolvida para a Fiocruz:
*Texto Divulgação

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp