Portal Nosso Meio

Lista de transmissão

Desafio dos shoppings em tempos de pandemia

Luana Benício

Opinião

 

Nos últimos anos, observamos uma mudança gradativa no setor de Shoppings Centers. O varejo, antes principal atividade do ramo, começou a ser substituído parcialmente por serviços e experiências. As inúmeras operações de moda e produtos foram, aos pouquinhos, cedendo seu percentual de ocupação aos corredores de restaurantes, clínicas, atendimentos de saúde e estética, serviços diversos como chaveiros, lavanderias, centro automotivo, etc.

 

Na cidade de Fortaleza, especificamente, o aumento da quantidade de shoppings e a migração considerável do comércio de rua para grandes centros comerciais, tem sido significativa. Com a grande concorrência, surge a necessidade de se diferenciar e conquistar a fatia de mercado que adora passear e fazer umas comprinhas. Festas, Shows, Eventos, Clubes de Descontos, grandes Campanhas Promocionais chegaram com força, marcando a mudança no posicionamento dos Shoppings da capital cearense.

 

Interligando um mix de lojas mais voltado para a experiência e uma estratégia de marketing que busca atrair pessoas através também da experiência, a pandemia deixa grandes desafios para os profissionais do ramo. São meses desafiadores onde muito trabalho, cautela e parceria estão sendo necessários. Mas tenho a certeza de que o mercado brasileiro irá se adaptar e atravessar por tudo isso.

 

Minha aposta para superar esse grande desafio é tentar ao máximo permanecer presente na rotina do cliente, mapeando sua rotina e necessidades durante o período de lockdown. Também aposto na comunicação personalizada e direcionada por nichos, gerando uma identificação e sensação maior de proximidade com a marca.

 

Algumas perguntinhas que também gosto de fazer para pensar em estratégias durante a pandemia são: Como podemos ajudar o cliente a atravessar esse momento de forma menos dolorosa? Como podemos facilitar a comunicação e o processo de compra dele? Como trazê-lo para perto, mesmo sem ele sair de casa? Quais são as demandas que estão reprimidas e podem ser um ponto forte durante a retomada do comércio?

 

E o mais importante de tudo, não podemos ficar parados. Em tempos de crise, trabalho em dobro.

 

 

Luana Benício

Gerente de Marketing e Comercial do Shopping Eusébio. Formada em Comunicação Social – Jornalismo, pela Unifor; Pós-Graduada em Marketing pela FGV. Atuou como atendimento à Skol, pela Catraca Agência; Analista de Marketing da empresa Oh My Dog! e como Analista de Marketing do Shopping RioMar Fortaleza.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp