Portal Nosso Meio

SG 360 Internas

Com parque de compostagem, Colosso Fortaleza trata 4 toneladas de orgânicos e reduz emissão de 3,2 toneladas de CO2

Redação

Colosso é o primeiro estabelecimento do Norte/Nordeste a implantar um pátio de compostagem totalmente integrado à operação

 

Referência no segmento beach club, o Colosso Fortaleza é o primeiro estabelecimento do Norte/Nordeste a implantar um pátio próprio de compostagem totalmente integrado à operação. O equipamento opera há quatro meses e colheu seus primeiros resultados nesta semana. Foram mais de quatro toneladas de orgânicos tratados, que renderam 800 kg de adubo natural. É uma redução de 3,2 toneladas de CO2 na atmosfera e estima-se que o impacto no meio-ambiente seja equivalente ao plantio de 908 árvores. O parque de compostagem foi implementado pela YBY Soluções Sustentáveis.

 

“Se queremos de fato marcar as vidas das pessoas, como é o propósito do Colosso, temos de trabalhar para minimizar ao máximo os impactos causados pelas nossas operações. Isso é nossa responsabilidade”, destaca Eduardo Castelão, CEO do Colosso.

 

Além de todo o impacto positivo causado ao meio ambiente, existe um grande impacto social atrelado ao projeto, uma vez que grande parte do adubo gerado por meio da compostagem é destinada a pequenos produtores locais de orgânicos, que fazem parte da cadeia produtiva do Colosso.

 

“Isso é o que se chama de economia circular: todo o resto de comida é corretamente tratado, vira adubo natural, melhora a produtividade agrícola de nossos fornecedores e volta à mesa em forma de legumes e hortaliças orgânicas”, enfatiza Eduardo Castelão.

 

Entenda a compostagem

Compostagem é um processo de reciclagem de lixo orgânico no qual microrganismos agem para transformar a matéria orgânica em adubo natural. A técnica reduz, ou até mesmo elimina, o descarte das sobras de alimentos, dando um destino sustentável e criando uma solução para a diminuição dos resíduos enviados para os aterros sanitários.

*Texto enviado pela assessoria Capuchino Press

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp