Portal Nosso Meio

SG 360 Internas

Cineteatro São Luiz conta com programação que celebra o São João em formato virtual

Redação

A programação de São João do Cineteatro São Luiz, que teve início no dia 2 de junho, abordou o patrimônio e a diversidade cultural do São João do Ceará, a tradição das bandas cabaçais com seus mestres e a musicalidade dos grupos regionais que abordam essa festividade. Apresentando o tema “Sons da festa”, as lives foram divididas em três temáticas e destacou justamente essas bases culturais.

A primeira, abordou o “Patrimônio e diversidade cultural no São João do Ceará” e contou com a participação de agentes da cultura junina, Igor Soares (historiador do Iphan, Mestre em História Social), Marcos Evangelista (arte-educador, dramaturgo e autor de casamentos juninos) e Aterlane Martins (professor, historiador e pesquisador do patrimônio cultural); com mediação de Hildebrando Maciel Alves (historiador, pesquisador de patrimônio e memória, Brincante de Boi e Reisado de Congo).

Já a segunda live, que foi apresentada no dia 9, teve uma temática totalmente musical e abordou “Ao som das cabaçais: um São João de tradição”, um bate-papo com a Banda Cabaçal São José (criada há 184 anos, no município de Missão Velha, por Manoel Ribeiro, bisavô do Mestre Cícero Ribeiro que hoje está à frente do grupo), Banda Cabaçal Santa Edwiges (fundada há 9 anos em Juazeiro do Norte por Mestre Leandro, jovem que desde cedo manteve relações com mestres da tradição) e Mestre Expedito Caboco (lidera uma das bandas cabaçais de maior longevidade na cidade de Juazeiro, a Banda Cabaçal Santo Expedito, criada em 1901. Em 2019 foi diplomado “Tesouro Vivo do Ceará”), também com mediação de Hildebrando.

Fechando a programação, o Cineteatro trouxe no último dia 16 o “Regional Balanço do Rei: música junina de todos os tempos”, também em formato musical, com Fábio Rocha e Regional Balanço do Rei e mediação de Aterlane Martins. Fábio é músico e intérprete há 45 anos, criador do Regional Balanço do Rei, atua em diversos grupos juninos do Ceará, dentre estes, nas quadrilhas Santa Terezinha (Pirambu), Comadre Maria, Beija-flor do Sertão e Ceará Junino.

Com início sempre às 18h, as atividades foram veiculadas através do site e canal do YouTube do equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) e contou com acessibilidade em Libras.

Confira as lives:

Live – Ao som das cabaçais: um São João de tradição

 

Live – Regional Balanço do Rei: música junina de todos os tempos.

 

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp