Portal Nosso Meio

Anuncie Aqui – Internas

Aeris proporciona educação de jovens e adultos de comunidades no Pecém

Redação

Projetos na área de Inteligência Social, em parceria com o Sesi, têm duas novas turmas que totalizam 46 alunos entre colaboradores e moradores das comunidades do entorno da fábrica de pás para geração de energia eólica

 

 

Quarenta e seis novos alunos têm a oportunidade de se capacitar desde outubro e assim cursarem remotamente aulas para concluir o ensino fundamental (16) ou médio (30). O projeto da Escola Aeris é uma parceria entre a Aeris Energy e o Serviço Social da Indústria (Sesi). Desde 2017, mais de 200 colaboradores já tiveram oportunidade de concluir o ensino médio.

 

 

As aulas estão sendo realizadas na modalidade on-line em 2020 para respeitar as regras de distanciamento social recomendadas em virtude da pandemia de covid-19. Os alunos têm acesso a conteúdos preparados para a formação de jovens e adultos como vídeo aulas gravadas e pelo grupo de Whatsapp com o acompanhamento dos professores do SESI e o suporte da Aeris Energy.

 

A volta aos estudos pode trazer muitas mudanças para o colaborador individualmente e para outros moradores do entorno da fábrica, uma vez que as aulas também estão beneficiando 36 alunos de quatro comunidades do entorno da fábrica, localizada no Complexo Portuário do Pecém (São José, 22 alunos/ Primavera e Angico, com 6 alunos de cada e Cauípe, 2).

 

A Escola Aeris é desenvolvida numa parceria com o Sesi para proporcionar acesso formal à Educação de Jovens e Adultos aos que não tiveram acesso às aulas na idade convencional. Em turmas anteriores, as aulas aconteciam dentro da  empresa aos colaboradores no contraturno do horário de trabalho.

 

É gente que agora se vê fazendo novos planos. Prestes a receber o diploma de ensino médio, a operadora Karilene Kelly , de 34 anos, sonha com novos caminhos, como um curso técnico ou um curso de nível superior. Ela havia deixado a escola quando tinha 12 anos porque morava muito longe e precisava ajudar os avós trabalhando na agricultura.

 

Mãe de duas crianças, ela retomou os estudos graças à possibilidade que teve na Aeris Energy. “Sou muito grata porque lá dentro mesmo da empresa eu estudava. Ver pessoas já com a idade avançada estudando. Ficamos muito felizes com essa oportunidade. Estou muito feliz de ter concluído o ensino médio. Hoje posso procurar um curso e fazer com a cabeça erguida porque tive essa oportunidade”, conta Kelly.

 

Os caminhos da educação também mudaram a trajetória de Antônio Oliveira Matos Júnior, que está cursando gestão de produção em indústria depois de ter tido a oportunidade de concluir o ensino médio por meio da Escola Aeris. Aos 27 anos, ele foi promovido a líder há um ano e sete meses. Júnior trabalha na empresa há mais de quatro anos na fábrica onde começou como auxiliar de produção. “Entre só com o ensino fundamental e graças à Escola Aeris consegui terminar meu ensino médio. Isso me incentivou cada dia mais a procurar conhecimento e a estudar. Hoje estou fazendo faculdade”, conta com orgulho.

 

Ventos do Saber

Outro projeto da empresa que colabora com o aprendizado e com o conhecimento beneficia cerca de quatro mil crianças que cursam o ensino fundamental público em Caucaia. Ações de responsabilidade social podem contribuir para melhorar os índices de leitura em um país onde a média anual de livros lidos por habitante não chega a cinco por ano e a prática é apenas a décima na preferência das atividades de lazer, segundo pesquisa da Câmara Brasileira do Livro. Nesse contexto, as ações de estímulo à formação de leitores tornam-se ainda mais fundamentais no Brasil.

 

Em agosto foram realizados cinco seminários virtuais gratuitos para educadores oferecidos pelo projeto Ventos do Saber. A Aeris Energy patrocina o projeto. Numa primeira fase, já foram entregues, desde 2019, oito bibliotecas equipadas em escolas públicas de Caucaia, beneficiando  cerca de quatro mil estudantes. Em virtude da pandemia de Covid-19,  as atividades que a princípio seriam para educadores do município, foram expandidas para outros interessados com a realização remota.

 

*Texto Divulgação

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp